Biblioteca Arco-Íris
border=0
 
   Arquivos

 
border=0
Outros sites

 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


Votação
Dê uma nota para meu blog



border=0
 


AMIGOS!

     Comunicamos que continuaremos registrando o nosso trabalho no blog:  bibliotecadofrei.blogspot.com

     Aguardamos sua visita!



Escrito por Inêz às 19h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






AGRADECIMENTO

Tivemos neste ano a grande satisfação de ter um de nossos projetos publicado na Revista AMAE  Educando, edição  374 de setembro/2010. Agradecemos a atenção e o carinho com que fomos acolhidos por toda equipe da revista.  Foi para nós um acontecimento mais do que especial.

 



Escrito por Inêz às 21h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






NATAL

Hora de fortalecer nossa fé,

renovar nossa esperança, alegria, amor,

tempo para rever nossa vida,

repensar valores, buscar a paz.

     Foi nesse clima que construimos nossa árvore de natal.  Terminando o projeto Turma da Mônica, fizemos o fantoche do Chico Bento que veio contar a história "Nem presente nem bontina", (revista nº 102). Discutimos e listamos valores e sentimentos que gostaríamos de oferecer a todos e organizamos as palavras pelo seu tamanho.  Nossa árvore ficou muito bonita e principalmente toda enfeitada de bons votos.  Um feliz natal é o que desejamos a toda comunidade da Frei Leopoldo

             



Escrito por Inêz às 20h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






17ª SEMANA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA - "SINAL VERDE PARA A INCLUSÃO"

   Na última semana de setembro comemorou-se em Belo Horizonte mais um evento em apoio às pessoas com deficiência, mostrando a necessidade de acelerar o processo de inclusão, além de destacar as suas capacidades, potencialidades e habilidades...   Todos os anos participamos do evento oportunizando aos nossos alunos atividades de lazer e esportes. Na escola a biblioteca colaborou, em uma manhã festiva,  organizando um teatro interativo com a professora Eliana, que interpretou a  " bruxa que queria roubar a alegria".  Obrigada Lili, foi um momento espetacular!

          



Escrito por Inêz às 21h57
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






E A MÃE DA MÔNICA VEM À ESCOLA...

     Contando as histórias em quadrinhos da turma da Mônica jovem, recebemos a visita da mãe da Mônica, que vem do shopping e traz um presente para cada personagem: Magali recebe um pacote de frutas porque agora que cresceu, vive de regime; Rosinha ganha um chapéu de palha com fita rosa  para se proteger do sol e porque é sua cor preferida; Cascão é presenteado com um desodorante pois agora toma banho quase todo dia, e daí em diante...

   Foi uma brincadeira na qual, à medida em que os presentes eram retirados da sacola, os alunos tinham que identificar os objetos, descobrir para quem seriam e o porquê.  Brincando, trabalhamos as carcterísticas físicas e a personalidade dos integrantes desta turminha, enfatizando as mudanças que ocorreram à medida que cresceram, além de nos divertirmos muito com nossa estagiária Suzy que representou a mãe da Mônica, uma mulher muito consumista. 

 



Escrito por Inêz às 00h20
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






NOVAS TECNOLOGIAS

     Contar histórias é sempre bom  principalmente quando tentamos novas estratégias.  Fizemos uma oficina interativa com as aulas de informática utilizando o CD Room "Um dia na roça com o Chico Bento"; assistimos a Vó Dita contando várias histórias do nosso folclore, jogamos "forca" na escola do Chico Bento, identificamos árvores e verduras...  Tudo isso na rede virtual, usando o Data Show da escola.  Nossa biblioteca dispõe de vários jogos em CD Room para que os alunos possam tomar emprestados e jogar em casa com ajuda de seus familiares.



Escrito por Inêz às 00h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






DIVERTINDO COM AS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS DO CHICO BENTO


O que é, o que é?

Tenho tromba mas não sou elefante,                                                             não tenho pernas mas sou rápido como um gigante.   

Para saber a resposta aperte e arraste o cursor: (  peixe elefante  )

Não sou lâmpada para brilhar,                                                                      mas tenha luz para me guiar.

Resposta:   (  peixe lanterna  )

     Caimos na água com o Chico Bento contando a história Peixes e mais Peixes, revista nº140, na qual ele vai pescar, cochila e quando acorda está sendo perseguido por uma piranha; é salvo pelo peixe lanterna e faz uma excursão pelo fundo do rio.  Vocês sabiam que alguns peixes têm nomes de profissões (barbeiro, cirurgião, palhaço...), de diversos animais (elefante, gato, papagaio...) e ainda nomes de ferramentas de trabalho (martelo, faca, agulha...)?  A história, que alerta para os perigos da pesca indiscriminada, foi narrada com o auxílio do retroprojetor; em seguida os alunos pesquisaram, listaram e organizaram um cartaz com os "peixes diferentes". Concluímos o trabalho visitando o Aquário Temático sobre o rio São Francisco, no Jardim Zoológico.

      

Contação da história com auxílio do retroprojetor

  

Cartaz com peixes citados na história

  

                                  Visita ao Aquário Temático no Jardim Zoológico



Escrito por Inêz às 21h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






AVENTURAS COM A TURMA DA MÔNICA

Esse projeto foi sugerido pela coordenação da escola e prontamente adotado por todos.  A proposta é de que os nossos espaços se transformem em ambientes temáticos e os personagens das HQs sejam eleitos como mascotes ilustrando os conteúdos ou temas transversais que são desenvolvidos nas salas de aula.  Montamos um painel interativo que vai sendo mudado, relatando os acontecimentos mais recentes.  A turma do Anjinho está trabalhando "valores" e a da Magali (como não podia deixar de ser...) se responsabilizou pelo  Projeto Horta e Alimentação.  Os alunos que não se expressam por palavras estão usando os personagens da turma da Mônica na exploração da identidade e diferenças entre o corpo masculino e o feminino.

    

Aqui na biblioteca, pesquisamos a biografia do autor, apresentamos seus personagens principais, interpretamos a música da Turma da Mônica e partimos para a montagem do nosso espaço, caracterizado como Sítio do Chico Bento, pois tivemos toda afinidade com sua Vó Dita, grande contadora de "casos" e "causos".

      

Nosso sítio tem porteira, fogão à lenha, cisterna e um lindo fantoche da Vó Dita que...

  

 ... entusiasmou os alunos contando as aventuras do Chico Bento sobre os seus bichos de estimação e histórias do nosso folclore como "Pobre Mula-Sem-Cabeça" (revista nº126), "Lobisomem" (revista nº 139) e "Yara" (revista nº 135), com as revistas ampliadas em cópias xerográficas.

CHICO BENTO E O MEIO AMBIENTE 

O que é "VIDA BOA" para a dupla de cantores Vitor e Leo? E para nós?  Para responder a estas perguntas tivemos vários momentos interessantes. Os alunos cantaram, interpretaram e se divertiram com a mùsica Vida Boa ( CD de Vítor e Leo); discutiram na roda de bate-papo suas preferências; registraram suas opiniões oralmente e com nossa ajuda, por escrito.  

Ao final constatamos que quem mais gosta de sítio, galinha e sapo são os próprios cantores e as professoras, nossos alunos estão na era digital e preferem TV, cinema, computador, passeios ao shopping, parque , além de dormir muito, é claro! Coisas de adolescentes, mas continuaremos lançando as sementes para a saúde do nosso ambiente.

UM CHÁ NO SÍTIO DO CHICO BENTO 

Com a Turma da Mônica e principalmente com as HQs do Chico Bento estamos pesquisando crendices, aprendendo provérbios, rezas, cantando trovas e brincando como nossos avós...  Organizamos um chá no Sítio do Chico Bento , ou seja, na biblioteca .  Enquanto exploramos o costume da utilização de chás para curar doenças, escutamos a história "Chico Bento e o Nome" (revista nº144), sobre a escolha do seu nome , contada pela "Vó Dita". Vocês sabiam que ele nasceu no dia de todos os santos?

            

Fizemos a simpatia descrita na história, na qual papéis dobrados colocados sobre a água, abrem revelando o nome da pessoa a ser escolhido (e olha que esta água saiu da cisterna).  Os alunos perguntaram também sobre futebol, namorados, eleição e os papeizinhos, não falharam , responderam tudo. 

     

 



Escrito por Inêz às 21h49
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






CANTOS E CONTOS

PIXINGUINHA E OS PEIXINHOS DO MAR

   Continuando o estudo do samba e ilustrando a vida e obra de Pixinguinha, trabalhamos com uma de suas músicas mais famosas: Samba na Areia.  Os alunos se divertiram com o caranguejo que tocava realejo, o tubarão de voz grossa que cantava à moda da roça, a baleia sapeca qe tocava rabeca, o peixe espada grã-fino que tocava violino

 



Escrito por Inêz às 20h35
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






MOSTRA  A  TUA  CARA  BRASIL

Brasil!

Mostra a tua cara

Quero ver quem paga

Prá gente ficar assim...

(Cazuza)

  E com a música do Cazuza festejamos o país do futebol.  Em plena copa do mundo nossos alunos têm a oportunidade de vivenciar o sentimento de respeito pela nossa bandeira,observam um pouco da cultura da África, discutem futebol, distinguem cores e principalmente se alegram e se reconhecem em suas fotos no  grande mural da escola.

  



Escrito por Inêz às 10h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]







CANTAR É BOM E SONHAR FAZ MUITO BEM, POR ISSO O  PROJETO 

CANTOS E CONTOS  CONTINUA FIRME TAMBÉM

    Esta ação interdisciplinar entre o trabalho desenvolvido na biblioteca e as aulas de música, destaca para este ano um estudo sobre a origem do samba, ritmo genuinamente brasileiro.  Em nossas pesquisas elegemos para detonar o projeto, o CD/DVD Disney Adventures in Samba no qual o Pato Donald vem ao Brasil e é recepcionado pelo Zé Carioca - ambos personagens de histórias em quadrinhos da Disney.  No vídeo estes personagens  passeiam pelo país embalados pelo samba, daí surge a idéia de também passear virtualmente com nossos alunos pelas regiões brasileiras acompanhando a letra do samba Aquarela Brasileira, interpretada por Martinho da Vila. A letra fala de alguns estados, ressaltando características marcantes enquanto nós acompanhamos consultando o dicionário, pesquisando na internet, localizando-os no Atlas, ilustrando com fotos... Está aí o nosso mural para que todos também possam curtir esta viagem.

Neste projeto os alunos trabalham o ritmo, a melodia e a letra de alguns clássicos do samba brasileiro... Cartola, Noel Rosa, Adoniram Barbosa e Pixinguinha tornam-se conhecidos e admirados.

  

Além de ser nosso maestro, o professor Vinícius está ensinando flauta... 

Tanto na bibliteca, quanto nas aulas de música, exploramos a letra de alguns sambas, enfatizando o significado das palavras, suas mensagens e desfrutamos do prazer de uma boa música. Ollha aí a turma dando um show no dia em que recebemos a visita da escola especial do bairro Santo Antônio...

 

 

HISTÓRIA DO SAMBA

... Ponha um pouco de amor numa cadência 

 E vai ver que ninguém no mundo vence

A beleza que tem um samba, não

Porque o samba nasceu lá na Bahia

E se hoje ele é branco na poesia

Ele é negro demais no coração...

(Samba da Bênção - Vinícius de Moraes)

   O samba surgiu da mistura de estilos musicais de origem africana e brasileira.  É tocado com instrumentos de percussão (tambores, surdos...) e acompanhados por violão e cavaquinho.  O primeiro samba gravado no Brasil foi "Pelo Telefone", no ano de 1917.  Tempos depois o samba toma as ruas e espalha-se pelos carnavais.  Na década de 1930 as estações de rádio, em plena difusão, passam a tocar os sambas para os lares.  Os grandes sambistas e compositores desta época são: Noel Rosa autor de Prato Fundo (para crianças); Cartola de As Rosas não Falam; Ary Barroso de Aquarela do Brasil e Adoniram Barbosa, de Trem das Onze.  

   Estas histórias e muito mais foram contadas e recontadas para nossos alunos.  Está aí o "registro nos murais":

  


 

E tem biografia também...

   O Anjo de Cartola de Cláudio Martins, Menino Bom de Lúcia Fidalgo e o Menino Leo e o Poeta Noel de Neusa Sorrenti, são três livros maravilhosos que contam a história de Cartola, Pixinguinha e Noel Rosa respectivamente.  Os livros falam da família, dos amores, de coisas e causos engraçados na vida desses poetas.  Nossos alunos adoraram.  Podem conferir, leiam estes livros também, disponíveis nas bibliotecas das escolas municipais...

  



Escrito por Inêz às 22h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






  C O L C H A   D E   R E T A L H O S

As linhas da lembrança vão arrematando os fragmentos da história, estampados com lágrimas e sorrisos, sem enredo ao redor, mas vivos em sua oferta de amor...

Aproximando-se o Natal celebramos o nascimento de Jesus, aquele que mais amou os homens.  O livro A Colcha de Retalhos, de Conceil Corrêa da Silva nos remete às saudades e lembranças do que foi no nosso passado, expressão do amor.  Contamos a história para todos os alunos e caímos no bate-papo rememorando pessoas e acontecimentos que deixaram suas marcas de carinho; registramos em pequenos pedaços de papéis coloridos e elaboramos o esboço da "colcha de retalhos".  As famílias foram convocadas a participar fazendo em casa o mesmo registro em retalhos de tecidos, levados pelos alunos.  Assim, depois de  costurados formamos a nossa maravilhosa colcha, apresentada na festa do Natal junto com a contação de história deste livro que virou um livrão.  Ao final deixamos o convite, de juntarmos os mais bonitos retalhos da nossa vida, os da paciência, caridade,  compreensão, compromisso, alegria entre outros e oferecermos a cada ano, uma colcha ainda maior para Jesus.

      



Escrito por Inêz às 21h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






CONTANDO E BRINCANDO

        As histórias continuam sendo o foco central de nosso trabalho pois tocam profundamente em nossas recordações e emoções.  Inventar brincadeiras sobre as histórias, tem se constituído num ótimo recurso, criativo e lúdico, para que os alunos possam expressar seus sentimentos de uma forma bem descontraída.  Selecionamos alguns livros em que  este trabalho foi registrado:

     O livro Aconteceu com a Margarida, de Lygia Gomes Pádua, introduziu a primavera. Tivemos o sorteio da Tele Sena de Primavera com premiação e o show do roletrando, ou seja, do "primaverando", com microfone, platéia organizada e perguntas sobre a estação. Foi uma grande curtição, professoras e diretora não resistiram em participar!

  

Fomos ao baile no castelo do príncipe com A Bruxa Beleza-Pura, de Béatrice Garel. Cada aluno escolheu sua fantasia e depois de dançar muito, fizemos um desfile assustador pela escola.

Tivemos também uma Festa no Céu (adaptação de Ana Maria Machado). Houve o maior suspense para saber se a tartaruga ainda estava viva depois do enorme tombo. Que alívio ver que se salvara! Para consolar a tartaruga, a turminha resolveu fazer uma festa na terra e cada um representou um bichinho.

Segundo Paula Bernardo tinha Bicho Escondido com Rabo de Fora. Como no livro, pintamos os pés e seguimos as pegadas dos nossos alunos escondidos. Foi super difícil achar o Rogério, ele despistou bem!

 

Não está encontrando o que procura? Então tenha cuidado e guarde bem suas coisas, ou vai tudo para o Beleléu (Patrício Dugnani). Para não esquecermos a lição, fizemos um enorme desenho desse monstrinho. Ficou muito legal!

 

Quem casar com Dona Baratinha, que é bonitinha e tem dinheiro na caixinha?  Cada aluno com seu fantoche caprichou no cortejo imitanto a voz do amimal, mas D. Baratinha escolheu mesmo o silencioso Sr. Ratão, que também era muito guloso e caiu dentro do caldeirão de feijão.  Tristeza teve, mas ela resolveu viajar e continuar a ser feliz e nós também, dançamos e cantamos a música da Dona Bartinha, mesmo sem a festado casamento!



Escrito por Inêz às 23h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






     PROJETO CANTOS E CONTOS

   Em parceria com as oficinas de música, estamos desenvolvendo o projeto CANTOS E CONTOS, em uma grande integração de emoções, poética e sensível, onde pretendemos oportunizar ao aluno o prazer, a diversão, cultura e também a aquisição de habilidades e competências, como os processos de linguagem, criatividade, concentração, disciplina, etc.   Iniciamos com a pesquisa sobre o grande mestre do Baião: Luiz Gonzaga.  Através de textos, ilustrações e apreciações de suas músicas, os alunos visualizaram uma época importante da história do Brasil; puderam conhecer movimentos políticos como o cangaço e as características geográficas e culturais do Nordeste. Foram apresentados os tipos de transporte desde 1930, vestimentas, clima, hábitos do povo, lazer e também os rítmos musicais que surgiram sob a influência dos escravos (com destaque para o Baião) e a literatura de cordel.  Utilizamos os livros Luiz Lua de Lucília Garcez; Lampião e Maria Bonita de Liliana Iacocca e o Menino Lê de André Salles, além do filme Lampião  o rei do Cangaço e DVD de Gonzaguinha.  Destacamos a visita ao Centro Cultural Vila Santa Rita com a exposição sobre o cangaço, atividade que foi muito bem apreciada pelos alunos.

           

 



Escrito por Inêz às 21h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






TRADIÇÃO E CULTURA

  Junto ao estudo de BH estamos pesquisando as cidades históricas e destacamos entre as mais conhecidas, Ouro Preto, Mariana e Sabará; colecionamos fotos, consultamos livros e jornais para conhecer um pouco mais sobre elas.  Nosso foco foi Mariana e a professora Vera, natural desta cidade, foi escolhida para ser entrevistada.  Considerando a dificuldade de nossos alunos de manter uma coerência de pensamento e uma seqüência de idéias, podemos dizer que a preparação para a entrevista foi um verdadeiro desafio:  Vera trouxe fotos antigas, maquete da topografia, pinturas e artesanto da região proporcionado um momento muito rico onde, para além do conteúdo de história, pudemos trabalhar a atençao, concentração, sequência lógica, noções de tempo, quantidade, etc., em uma atividade bem ilustrada e prazerosa.  Agradecemos à professora Vera por seu empenho.

  

 



Escrito por Inêz às 21h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
border=0